Canelite – O que é? Como ocorre? Quais os sintomas? Tratamento e prevenção.

O que é?

Canelite é o nome popular dado à síndrome do estresse medial da tíbia (principal osso da canela) ou periostite e   consiste em inflamação que ocorre na camada que recobre a tíbia e faz ligação entre músculo e osso.

Como ocorre?

Embora nenhum estudo traga uma causa específica para a canelite há um consenso de que pode ocorrer em decorrência do excesso de treino, principalmente os de alto impacto. É muito comum em indivíduos que estão começando a prática de corrida, por não estarem adaptados, a sobrecarga sobre a tíbia pode ser grande o que leva à inflamação. Outros fatores que podem influenciar no aparecimento da canelite são: exercícios com excesso de carga, fraqueza muscular, sobrepeso, tipo de pisada (pronação), tipo de calçado, tipo de terreno, falta de alongamento, fatores biomecânicos, idade (sendo mais comum em adultos) e sexo (acometendo principalmente as mulheres).

Quais os sintomas?

O principal sintoma é a dor na canela principalmente durante os exercícios. No entanto, caso a pessoa não trate a canelite e continue fazendo exercícios, a dor pode ser constante, mesmo estando em repouso. Em alguns casos, além da dor pode haver inchaço e vermelhidão na região da canela e a depender da evolução do problema pode ocorrer dificuldade de andar e fraqueza na panturrilha nos pés.

Diagnóstico

​O diagnóstico deverá ser realizado por médico ortopedista que além da anamnese e exame clínico poderá solicitar a ressonância nuclear magnética da perna, exame mais indicado a fim de visualizar o espessamento do periósteo (membrana que envolve os ossos).
A avaliação por um ortopedista é fundamental uma vez que há outras lesões que podem ser confundidas com a canelite como a fratura de estresse, a síndrome compartimental crônica de esforço (aumento da pressão dos tecidos dentro de um compartimento fechado), compressão do nervo tibial, síndrome do aprisionamento da artéria poplítea, infecções e até mesmo neoplasia.

Tratamento

Após a avaliação médica, em se confirmando o diagnóstico de canelite, o tratamento é relativamente simples, sendo as indicações mais comuns, a aplicação de gelo no local, repouso, uso de analgésicos e anti-inflamatórios e fisioterapia a fim de fortalecer e alongar a musculatura da perna.

Recuperação

​Quando as orientações médicas são seguidas corretamente, o tempo de recuperação costuma ser de aproximadamente 3 semanas.
É importante seguir o tratamento corretamente, principalmente o repouso, pois há casos em que a canelite pode evoluir para uma fratura por estresse, lesão mais grave que demandará mais tempo de recuperação, podendo demandar inclusive, cirurgia.

Prevenção

A canelite pode ser prevenida com medidas simples como:

➢ Adequação do volume e intensidade de treino;
➢ Utilização de calçado adequado;
➢ Avaliação do terreno onde o esporte é praticado;

➢ Exercícios para fortalecimento da musculatura da perna; e
➢ Alongamento.

Compartilhe:

Canelite – O que é? Como ocorre? Quais os sintomas? Tratamento e prevenção.
Saulo Morais Rodrigues de Castro - Doctoralia.com.br

Outros Posts

Open chat